Carrinho de compras

Gota de abacate


Gota de abacate

Com um talento para a arte que começou nos cadernos da escola, Feik vem da cultura do graffiti e da pixação: no início escrevia “enigma” e “sem nexo”, e, em 98, escreveu “feik” . Neste mesmo tempo conhece "Estopa e o Salmos e juntos formam a crew IP (inimigo publico) , quando também começou a fazer desenhos de extra-terrestres ,e na evolução dos seus traços, os ETs foram ficando cada vez mais deformados, tornando-se Insetos. Insetos que por ironia do destino foram um de seus principais passatempos, como forma brincadeira de criança no quintal de seu avô e que hoje tornou-se seu ateliê . Desde então, Feik vem “adquirindo um enorme catálogo de espécies bizarras” e outra espécie muito forte de insetos lúdicos e divertidos de se apreciar. Os insetos habitam as paredes e ruínas da cidade, com cores e formas para lá de criativas, que muitas vezes vem acompanhadas por nomes de políticos – “a doença do país”, diz. São também uma metáfora do próprio grafitti, que “se espalha como uma epidemia” uma tremenda (InFeikção) . Feik passou a criar cenários e situações surreais para inserir seus insetos. Esses novos cenários  supercoloridos porem harmonioso, serve como uma espécie de camuflagem para seus insetos, personagens e objetos. O outro personagem, que em contraponto com suas criaturas, tem traços bem simples mas que já adquiriu uma personalidade própria.
Mesmo fora das ruas, a arte nas telas de Feik guarda fortes ligações com a cultura do graffiti: seu nome sempre aparece com letras elaboradas e há um personagem, característica marcante no graffiti old school. A cada ano Feik deixa suas produções maiores e com mais conteúdo, e com isso atrai a atenção de novos públicos e admiradores de sua arte.
Mesmo com um trabalho difícil de entrar em contextualizações históricas, sua arte pode ser comparada às críticas morais por Bosh à sociedade e ao jogo de ilusão de Escher.


R$ 990

Parcele em até 10x

SOBRE NOSSOS MATERIAIS
TELA ALGODÃO: As obras impressas em tela de algodão são identicas a uma pintura sobre tela e seguem o padrão museu de qualidade (Museum Standard of Fine Art). A maioria das obras de arte é pintada pelos artistas sobre telas de algodão, que são preparadas para receberem a tinta e depois esticadas em chassi de madeira. É no chassi que ela ganha forma para ser pendurada na parede. O bras são enviadas sem chassi.
PAPEL ALGODÃO: As obras impressas em papel 100% algodão utilizam materiais livres de ácido e que seguem o padrão museu de qualidade (Museum Standard of Fine Art). Para garantir a LONGEVIDADE e ALTA DEFINIÇÃO das impressões devem ser emolduradas com vidro e pass partout. Obras são enviadas sem moldura.
FOTOGRAFIA: As obras impressas em papel fotográfico utilizam materiais livres de ácido e que seguem o padrão museu de qualidade (Museum Standard of Fine Art). A FOTOGRAFIA apresenta um BRILHO maior que o papel algodão. Para garantir a LONGEVIDADE e ALTA DEFINIÇÃO das impressões devem ser emolduradas com vidro e pass partout.Obras são enviadas sem moldura.
METACRILATO: Acabamento que garante MÁXIMA proteção da obra e realça a COR e CONTRASTE. A qualidade e beleza oferecido pelo material faz com que atualemente seja utilizado pelas melhores galerias de arte no mundo. Obra vai PRONTA para PENDURAR.
  • Cuidados com sua obra ou fotografia

    Cuide bem da sua obra: certifique-se de que não está diretamente exposta aos raios UV, mantenha longe de umidade e limpe somente com um pano seco. No caso de Papel Algodão e Fotografia, segurar sempre com as duas mãos para evitar vincos e dobras.

  • Você não encontra em nenhum outro lugar!

    Edição limitada exclusiva DemocrArt.

    Qualidade Museu de impressão (Museum Standard for Fine Art).

    Inclui Certificado de Autenticidade numerado e assinado pelo artista.

    Essa edição é catalogada e foi supervisionada pelo artista.